Archive | ENTREVISTAS RSS feed for this section

ENTREVISTA COM O ADVOGADO GERAL DO UNIÃO

6 jul

Luis Inácio Adams é o atual Advogado Geral da União e nessa entrevista dada ao Jornalista Alon Feuerwerker (autor do excelente Blog do Alon sobre política), do Correio Braziliense e do programa da Rede de Televisão CNT Jogo do Poder. Nessa entrevista, o atual Advogado Geral da União trata das funções e da atuação da AGU, em especial do seu papel na defesa dos agentes público, além de outros assuntos importantes ligadas ao direito e a política.

FORMALISMO DO INQUÉRITO POLICIAL

6 jul

Segue entrevista com Michel Misse, 59, organizador do livro  “O Inquérito Policial no Brasil: uma Pesquisa Empírica” (Ed. Booklink), resultado de uma pesquisa em delegacias de cinco capitais do país.

Para Michel Misse, coordenador do Núcleo de Estudos da Cidadania, Conflito e Violência Urbana da UFRJ, o atual modelo de inquérito é excessivamente formal e produz análises jurídicas que deveriam ser feitas só no Ministério Público, o que atrasa as investigações policiais. Para o pesquisador, a necessidade de documentar cada passo da atividade policial significa a “cartorialização” desnecessária da investigação, presente só no Brasil.  Segundo a pesquisa, feita no Rio, Brasília, Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte, apenas 16% dos homicídios geram processo judiciais.

A pesquisa foi financiada pela Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), que defende a flexibilização do inquérito e a eliminação da figura do delegado concursado e a criação de carreira com entrada única e cargos de comando entregues por mérito.

A entrevista foi conduzida pelo jornalista Ítalo Nogueira e publicada na Folha de São Paulo, domingo, 04 de julho de 2010. Boa leitura.

Continue lendo

ENTREVISTA COM NOVA DEFENSORA PÚBLICA GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

25 maio

Em entrevista dada ao jornalista Frederico Vasconcellos (link), Daniela Cembranelli, nova Defensora Pública Geral do Estado de São Paulo, apresenta sua visão e projetos para incrementar Defensoria Pública em São Paulo, instituição prevista pela Constituição de 1988 como valioso instrumento de efetividade de direitos e de acesso à justiça, como bem demonstra a recente da jurisprudência do princípio da insignificância no direito penal, construída principalmente a partir de casos levados pelas Defensorias Públicas ao STF. Infelizmente, o acesso à justiça e a Defensoria Pública ainda não ganharam a devida dimensão no debate público, ao lado de outros direitos como acesso à educação ou à assistência médica.

Quanto ao curriculum da nova Defensora Pública Geral, Daniela Cembranelli, ela é formada em Direito pela UNB – Universidade de Brasília em 1990 e ingressou na carreira de Procurador do Estado de São Paulo em 1993, exercendo suas atividades no âmbito da Procuradoria de Assistência Judiciária, junto aos Tribunais do Júri da Capital. Foi membro do Conselho Penitenciário do Estado de 1999 a 2003. Em 2006, quando da criação da Defensoria Pública paulista, optou pela nova instituição, após aprovação da lei orgânica. É professora de Direito Processual Penal. Boa leitura.

Continue lendo

ELEIÇÕES NO BRASIL III: ENTREVISTA COM MARINA SILVA

19 maio

A Senadora pelo Acre Marina Silva tem uma das histórias pessoais mais impressionantes entre os políticos brasileiros, comparável a Lula, marcada por determinação e coragem. Analfabeta até os 15, anos, quase morreu a essa época por causa de uma hepatite diagnosticada com malária. Eleita Senadora pelo PT por duas vezes, em 2002 assumiu o Ministério do Meio Ambiente, mas saiu 06 anos depois, quando foi preterida para gerir o Plano Amazônia Sustentável (PAS), entregue a Roberto Mangabeira Unger.

Saiu do Governo, saiu do PT e foi para o PV, que lidera na mais importante eleição para os Verdes desde a sua criação, ao disputar a presidência da república, servindo de apoio a diversas candidaturas de seu partido Brasil afora. Segue entrevista, concedida ao Jornal Estado de São Paulo. Boa leitura.

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: